Lançamento da Revista Espírito Livre

Dia 12 de abril foi lançada uma publicação digital sobre software livre, cultura geek e relacionados que promete… A Revista Espírito Livre vem com a proposta de trazer conteúdo de qualidade, produzido por uma equipe altamente competente e atuante no Brasil e exterior. Terá periodicidade mensal e seu download é gratuito.

A equipe liderada por João Fernando, da Iniciativa Espírito Livre, é composta ainda por Hélio Ferreira na edição de arte, e como colunistas e responsáveis por artigos estão Cezar Taurion (IBM), Alexandre Oliva (FSFLA), Jomar Silva (ODF Alliance), Roberto Salomon (IBM), Edgard Costa (BrOffice.org), David Ferreira (CDLivre), Cárlisson Gaudino, Lázaro Reinã, entre outros. A revista ainda conta com Rodrigo Leão e sua tirinha do Lino e Wino, e Kárlisson com o seu já popular Nérdson não vai à Escola. Eventos de software livre e afins também tem lugar garantido na agenda e em outros locais de destaque da revista. Caso seja responsável por algum evento, entre em contato conosco. A matéria de capa é sobre Computação em Nuvem e a entrevista de estréia é com Pau Garcia-Milà, criador do conhecido sistema operacional web eyeOS.

Fonte: Software Livre Brasil

Link para download, clique aqui.

Livro Open Source sobre o editor Vim

vim_logo1Esse dias na lista do pug-ce(Grupo de Usuários Python do Ceará) conheci um projeto para a criação de um livro sobre o Vim. Baixei e gostei muito do resultado, estou lendo agora e resolvi divulgar o projeto.

Conheci o Vim em 2001 quando resolvi instalar o linux pela primeira vez. No início foi bem complicado e eu não conseguia realizar operações básicas com salvar arquivos e fechar o bichinho. Hoje já venho utilizando o linux a bastante tempo tanto em casa como no trabalho e venho usando o vim como um dos meus principais editores de texto, mas ainda não aproveito todos os recursos que ele pode oferecer.

Para conhecer e obter mais informações sobre o livro acesse a página do projeto aqui.

Instalação e configuração do PostgreSQL no linux

No primeiro post de 2009 estou recuperando do meu antigo blog uma receita de bolo para instalação e configuração do PostgreSQL 8.2 no linux. A versão atual, nesse momento a 8.3, não suporta mais a codificação latin1 mais conhecida como ISO-8859-1.

1º Passo – Download

ftp.postgresql.org/pub/source/v8.2.11/postgresql-8.2.11.tar.gz

2º Passo – Descompacte o pacote

$ tar -zxvf postgresql-8.2.11.tar.gz

3º Passo – Acesse o diretório

$ cd postgresql-8.2.11

4º Passo – Configuração e compilação

$ ./configure –prefix=/usr/local/postgres –bindir=/usr/bin –sysconfdir=/etc/postgres
$ make

5º Passo – Instalação

$ su
$ make install

6º Passo – Criando grupo e usuário

$ groupadd postgres
$ adduser postgres -g postgres

7º Passo – Criando diretório para os dados

$ mkdir /usr/local/postgres/data
$ chown postgres.postgres /usr/local/postgres/data

8º Passo – Inicializando o banco

$ su – postgres
$ initdb -D /usr/local/postgres/data

9º Passo – Rodando o postgres em segundo plano, gravando logs

$ postmaster -D /usr/local/postgres/data >> /usr/local/postgres/data/logfile &

10º Passo – Testando

$ psql template1 postgres

Caso tenha conectado digite \q para sair.

11º Passo – Copiando arquivo de inicialização

Vá ao diretório onde o PostgeSQL foi descompactado e copie o arquivo chamado “linux” que esta na pasta ./contrib/start-scripts para /etc/init.d/ renomeando para postgresql dando permissão para execução.

$ su – root
$ mv ./contrib/start-scripts/linux /etc/init.d/postgresql
$ chmod +x /etc/init.d/postgresql

12º Passo – Configurando o arquivo

  • Abra o arquivo no editor de texto
  • Edite a linha 32 trocando seu conteúdo de prefix=/usr/local/pgsql para prefix=/usr/local/postgres
  • Edite a linha 35 trocando seu conteúdo de PGDATA=”/usr/local/pgsql/data” para PGDATA=”/usr/local/postgres/data”
  • Edite a linha 60 trocando seu conteúdo de DAEMON=”$prefix/bin/postmaster” para DAEMON=”/usr/bin/postmaster”
  • Edite a linha 63 trocando seu conteúdo de PGCTL=”$prefix/bin/pg_ctl” para PGCTL=”/usr/bin/pg_ctl”
  • Salve o arquivo

13º Passo – Testando o arquivo

Ainda como root digite os seguintes comando para verificar se o arquivo esta correto:

$ /etc/init.d/postgresql status
$ /etc/init.d/postgresql stop
$ /etc/init.d/postgresql start
$ /etc/init.d/postgresql restart

14º Passo – Iniciando automaticamente

Edite o aqrquivo /etc/rc.local adicionando a seguinte linha:
/etc/init.d/postgresql start

15º Passo – Testando novamente

Agora basta reinicar a sessão e repetir o 10º Passo.

Obs: Caso tenha problemas na instalação verifique se há um compilador C instalado corretamente.

Liberado NetBeans 6.5

Foi lançado hoje a versão final do Netbeans 6.5, um dia antes do previsto, e já pode ser baixada em diversos idiomas inclusive o Português.

Clique aqui e veja o que há de novo nessa versão e faça o download.

Alessandro Dourado em seu blog já havia escrito sobre as novidades dessa versão. Caso queira conferir clique aqui.